quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Intimus...

Intimidade


No coração da mina mais secreta, 
No interior do fruto mais distante, 
Na vibração da nota mais discreta, 
No búzio mais convolto e ressoante, 

Na camada mais densa da pintura, 
Na veia que no corpo mais nos sonde, 
Na palavra que diga mais brandura, 
Na raiz que mais desce, mais esconde, 

No silêncio mais fundo desta pausa, 
Em que a vida se fez perenidade, 
Procuro a tua mão, decifro a causa 
De querer e não crer, final, intimidade. 

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis" 
A intimidade salva as relações extensas, a não ser quando as corrói. Contradição maquiavélica. O melhor e o pior dos mundos, nos obrigando a escolher entre o habitual e a novidade, entre a paz e a adrenalina, entre a rede e o salto. Sedução x segurança: que vença o melhor…

72 comentários:

Maria Eu disse...

Não há relação séria sem intimidade. O que corrói as relações não é a intimidade, é o desamor.

Beijinhos, Legionário. :)

Legionário disse...

Na mouche, Maria!;)

vizinha do 1º Dt disse...

A intimidade nas relações é como o açafrão (o verdadeiro!) num prato oriental, um vintage na garrafeira, ou as melhores cerejas no bolo. E quem não quer provar o verdadeiro açafrão, ter bom vinho na garrafeira e bolos com cerejas? Mas nem sempre se consegue. A intimidade tem uns ingredientes de luxo: expressão, liberdade, confiança, verdade, emoção, alteridade. E isto, nem todos alcançam. Daí os psicólogos dizerem que é necessário haver uma diferenciação do self, ou seja, a pessoa deve ter o sentido do Eu bem desenvolvido, diferenciado e integrado, para poder partilhá-lo com outras pessoas.

A intimidade implica expressar e partilhar conteúdos pessoais e isto pressupõe sempre um ato de entrega. Uma entrega de algo que é privado, e que habitualmente gera uma ativação emocional. Esse algo podem ser emoções, vulnerabilidades, fracassos, imperfeições, alegrias e prazeres. Esses conteúdos são recebidos pela outra pessoa e de alguma forma são devolvidos na forma de compreensão e validação. E como resultado desta troca, ambos se sentem aceites e validados. Numa interação íntima, a pessoa revela-se ao outro e expressa a sua verdade. E este ato de se deixar ver, exige uma enorme liberdade. E confiança.

frei Vareta disse...

Para um relacionamento íntimo perdurar é fundamental partilhar a intimidade e garantir a sua confidencialidade, só a quebrando com o consentimento de ambos ou através da garantia de confidencialidade e liberdade proporcionadas pelo carácter único da relação terapêutica.

Legionário disse...

o frei Vareta parece mais que está a redigir um "contrato" de intimidade!!!

zé da Arcada disse...

cá pra mim o Vareta anda a bater mal da caçuleta!

Casanova disse...

a imagem do Post abriu-me o apetite para momentos intimos, muito intimos mesmo hehehe

Guedes disse...

Hoje vou pinar!!

Baby suicida disse...

constantes escolhas ao encontro do nosso equilíbrio.


... é complicado.


Beijo LG

tua BS ;)

Legionário disse...

Pois é Bs, escolhas...por vezes aquilo que nós mesmos escolhemos é muito pouco: a vida e as circunstâncias fazem quase tudo!;)

Labaredas disse...

Por falar em escolhas, já escolheram a data para o repasto do Carnaval?

zé da Arcada disse...

o Rebola anda muito ocupado com o facequecas e também com as lampreias do relax!

Robert de France disse...

então o gaje anda entretido em intimidades extras hahaha

tipo enferrujado disse...

o Bata Branca e seu Auxiliar têm ultimamente almoçado na Pastelaria Madame Samovar!

Marquês de Pombal disse...

por falar em intimidades..., hoje na pag. 8 do Correio do Minho vem publicada uma foto (montagem) juntamente com um texto hilariante de um pseudo Arqº António Lixívia Coelho que "desapareceu" no dia em que faz anos (hoje), já lemos e relemos o conteúdo do mesmo e realmente é 5 *****!

Tipo que sabe disse...

Quem faz anos hoje é o confrade Fl?vio.

zé da Arcada disse...

atom o Fl?vio fez anos ontem, esperemos que o home já tenha descansado desde a última stickada do ano passado hehehehe

Fiscal dos aniversários disse...

E hoje faz anos o confrade Pisconight.

Legionário disse...

Parabéns Pisconight, que esta tua data se repita por muitos e muitos anos com muita saudinha!

Robert de France disse...

hoje vai haver Night para o Pisco hehehehe

tipo + atento disse...

fim de semana à porta
para muitas
intimidades

Tipo que escreve umas coisas disse...

O Líder é que ninguém o ouve.

Capitão Meireles disse...

qual Líder?

só faz falta quem cá está!!!

Tipo que sabe disse...

O homem está out.

Legionário disse...

Cai a Chuva Abandonada


Cai a chuva abandonada
à minha melancolia,
a melancolia do nada
que é tudo o que em nós se cria.

Memória estranha de outrora
não a sei e está presente.
Em mim por si se demora
e nada em mim a consente

do que me fala à razão.
Mas a razão é limite
do que tem ocasião

de negar o que me fite
de onde é a minha mansão
que é mansão no sem-limite.
Ao longe e ao alto é que estou
e só daí é que sou.

Vergílio Ferreira, in 'Conta-Corrente 1'

Sebant disse...

ó men, se não gostas de dar umas zimbradelas deixa pinar quem sabe.

tipo + atento disse...

Quando se trata de pessoas como o Sebant, é inútil atribuir-lhes qualquer sabedoria, basta que lhes atribuamos cegueria, apenas cegueira hehehe

Poeta Antenor disse...

Entra em cena o sebant
que é um grande tratante
faz uma entrada de rompante
e desaparece num instante.

Arturinho das moscas disse...

Bom... o Carnaval é já na próxima semana e ninguém se pronunciou sobre o respectivo jantar, assim sendo vamos esperar pela Páscoa.

Fiscal disse...

vamos esperar...de preferência sentados!

Legionário disse...

Gabarolice é '' na verdade não aconteceu nada '' andam de mãos dadas, ou melhor ainda… Os que falam de poleiro são os que fazem menos.

Se há coisa mais triste de se ver é um homem que se gaba por feitos que nunca fez (e mesmo se fez, mete pena na mesma). Porquê ?? Primeiro, porque gabar-se envolve contar a alguém que de facto houve ''coisa''. Só aqui, podemos concluir que o homem em questão tem sérios problemas de confiança em si próprio.

Um homem que sabe o que faz não precisa de ir buscar aos outros a estima, a satisfação pessoal que tem sabendo que realmente fez algo. No entanto, aqueles que não fizeram nada, precisam de dizer aos outros o que fizeram para que estes o idolatrem (ou para que o homem em questão sinta que alguém olha para ele como alguém ''mais à frente'', independentemente de ninguém querer saber).

Podemos chegar então à conclusão (e nem tentem negar, é um facto mais que adquirido) que o homem que se gaba é o homem que procura atenção – e nenhum homem que se preze precisa da atenção dos outros para se sentir bem consigo próprio.

Segundo: Aqueles que dizem ''Eu papava-la toda'', ''eu fazia-lhe isto e aquilo com a minha verga de 20 cm” e afins são aqueles que, com uma mulher a sério ao pé deles, não tinham mãos para fazer o que quer que fosse com a mesma.

Robert de France disse...

o coment. do Leg. entre muito bem na mona do Seban hehehe

Pinante de Sobreposta disse...

O outro também dizia que dava três sem tirar.

algures na cidade disse...

pois...chapéus há muitos!

Tipo que viu disse...

Ó Legionário, aquele cromo sado-maso parecia o zequinha pelintra.

Legionário disse...

mas o Tipo que viu, sabe quem é o cromo!:)))

Tipo que ia a passar disse...

O tipo que viu diz que não sabe.

lugar lotado disse...

dizem que só salva relações quem as alimenta.

dependerá de um apetite? De um ingrediente novo? De um conformismo remexido por um surto de ciúme?
De quem alimenta? ou de quem tem vontade e insistir em sempre se alimentar, com classe, com estilo, iluminado ao calor de um candelabro...

teorias? frases feitas? mitos?

intimidas, portanto...

Beijo deste Lugar

Legionário disse...

Lugar Lotado, a manutenção do amor exige um cuidado maior. Qualquer “palerma” se apaixona, mas é preciso paciência para fazer perdurar uma paixão. O esforço de fazer continuar no tempo coisas que se julgam boas — sejam amores ou tradições, monumentos ou amizades — é o que distingue os seres humanos.

Percebo hoje a razão por que Auden disse que qualquer casamento duradoiro é mais apaixonante do que a mais acesa das paixões. Guardar é um trabalho custoso. As coisas têm uma tendência horrível para morrer. Salvá-las desse destino é a coisa mais bonita que se pode fazer. Haverá verbo mais bonito do que «salvaguardar»? É fácil uma pessoa bater com a porta, zangar-se e ir embora. O que é difícil é ficar.

Preservar é defender a alma do ataque da matéria e da animalidade. Deixadas sozinhas, as coisas amarelecem, apodrecem e morrem. Não há nada mais fácil do que esquecer o que já não existe. Começar do zero, ao contrário do que sempre pretenderam todos os revolucionários do mundo, é gratuito. Faz com que não seja preciso estudar, aprender, respeitar, absorver, continuar. Criar é fácil. As obras de arte criam-se como as galinhas. O difícil é continuar.

tipo enferrujado disse...

tá sol!

Rei do putedo disse...

Apartado X - Braga

Robert de France disse...

o gaje Rei do putedo é como 1 cepo!

mirone da manhã disse...

o zeca vitri é caixa nos terceiros?

Outro mirone disse...

Ou é moda nos primeiros?

no provador disse...

ò Andreia tá um gajo a micarnos!

Garfield disse...

tá um gelo de cortar, até tenho os tilins gelados!

Arturinho das moscas disse...

Hoje é dia de meia-final da Taça.
FORÇA BRAGA!!

Legionário disse...

Barril de lubrificante em promoção agita net Promoção insólita na Amazon para 189 litros:

O preço do barril de petróleo está em baixo, ainda assim os combustíveis vão aumentar em Portugal, devido aos impostos extra.
Já o barril de lubrificante íntimo nunca esteve tão barato… No site Amazon.com pode adquirir 189 litros de lubrificante por ‘apenas’ 1053 euros (1175 dólares), numa promoção que está a dar que falar na Internet. Com um desconto de 66% face ao preço habitual (3120 euros), no site de vendas norte-americano, os barris de lubrificante têm "escorregado" das prateleiras e já existem poucas unidades disponíveis para venda, depois de a promoção se ter tornado viral na Internet e de centenas de clientes terem adquirido o insólito produto.
A utilização que pode ser dada aos 189 litros de lubrificante íntimo fica, claro, à imaginação de cada um.

Observatório da Imprensa disse...

esse barril dá para abastecer o 11º e afins hehehehe

Pinante da Curva disse...

Ides andar todas bem untadinhas.

Cristina Sousa disse...

Olá :)

Passei para saber quem és. Já vi que por aqui se fala de tudo um pouco.

Gostei :)

Um beijo

Legionário disse...

Olá, pois é Cristina isto por vezes mais parece os Monty Python!:))

Garfield disse...

o Vlad Dracul se fôr ao Axa também vai gelar os tilins!

Tipo que sabe mais disse...

E agora é que não andam por cá os frades e certos fiscais e pinantes, porque então é que se falava mesmo de tudo.

Aristóteles disse...

O homem prudente não diz tudo quanto pensa, mas pensa tudo quanto diz.

Filósofo disse...

Só os tolos é que passam todo o tempo a rir-se.

tipo com cócegas disse...

heheheh olhe que não hehehehe

lugar lotado disse...

Esta caixa de comentários é uma animação, surpreendente! :)

(isto não é inveja), saudades de uma blogosfera que era bem assim, no passado, mas o livro das caras levou "gentes" daqui,

Bj e abraços

Arturinho das moscas disse...

O Legionário ainda vai pegar fogo ao feicebuque.

Legionário disse...

Bom Dia, pois é L.L., por aqui ainda vamos tentando manter o nível do Blog sempre em cima...agora quem deixou de comentar por aqui e partiu para a modinha do "feicebuque" é lá com eles, mas para grandes males grande remédios:

- Só faz falta quem cá está!:)

Eduardo Corrécio disse...

Isto é um pais de corruptos, os que mais ganham são os que mais vigarices fazem, agora é o Victor Sousa (ex braço direito de Mesquita Machado) e mais 4 vigaros metidos em corrupção e afins...é por isso que Portugal está desta maneira, que corja do c***!

Legionário disse...

Pelo que se sabe na última década o país no Mundo que mais se depreciou em termos de transparência foi justamente Portugal.

No nosso país, a Administração Pública e a política "transformaram-se numa central de negócios que favorecem os jogos de corrupção".

A incapacidade da justiça portuguesa em resolver os casos de corrupção e crimes conexos, quer por falta de meios, de vontade ou de um enquadramento adequado no tratamento desta criminalidade, são outros dos aspectos principais, Portugal não está a conseguir fazer aquilo que outros países fazem, que é recuperar para o Estado os activos financeiros capturados aos arguidos em casos de corrupção.

Portugal assina todas as convenções contra a corrupção (ONU, OCDE e outras), mas depois não desenvolve as actividades aí previstas, designadamente criação de estruturas especializadas de combate à corrupção, protecção dos denunciantes de casos de corrupção. Há pois, todo um "conjunto de compromissos" que o Estado português assumiu no papel e que depois não concretiza.

O parlamento português não evidencia vontade de fazer aprovar uma nova versão da Lei do Enriquecimento Ilícito (a primeira versão foi chumbada pelo Tribunal Constitucional), dizendo, a propósito, que o Estado "tem muito respeitinho pelos poderosos" e que, cada vez que surge um instrumento jurídico que penalize tais pessoas, o Estado põe-se numa "posição de respeitinho", senão mesmo de "cócoras".

transparência disse...

nem MAIS!

neca picheleiro disse...

Eu como contribuinte preocupa-me muito mais este tipo de notícias, pelo que condeno todo os corruptos que levam este país há miséria. Como não é uma notícia sobre futebol e afins poucos comentam e se insurgem contra!!! É o país que temos.

Labaredas disse...

Eles andam por aí de bêéme, de aude, de mercês... e ainda gozam com o lorpa que ganha a vida honestamente.

Legionário disse...

Fim de semana para alguns, por aqui trabalha-se e o Rebola marcou o jantar de Carnaval para 20 de Fevereiro até lá alguns já tiraram as máscaras e outros ainda as mantêm durante o resto do ano!

Labaredas disse...

No dia 20 já não vai ser jantar de Carnaval porque o Entrudo é no dia 9.
Vai ser um jantar para fazer jejum por estarmos em tempo de Quaresma.

frei Vareta disse...

certos "contribuidores" do Blog que desapareceram para o feicebuque é que deviam fazer jejum e muita penitência, pois para os mesmos já não há paciência!

Fiscal disse...

Labaredas, já foste ao teu mail?

atom vai!

BOCA DO INFERNO disse...

HÁ POST NOVINHO EM FOLHA

Mafy Oliveira disse...

Isto a modos que dava um blogue dentro dum blogue....
:) voltarei

Mafy Oliveira disse...

Isto a modos que dava um blogue dentro dum blogue....
:) voltarei